As tradições no casamento

Você sabe de onde vem as tradições que são seguidas nos casamentos e dão um charme todo especial à cerimonia?
A Casa Ambiente mostra para você como surgiu as tradições:

Chuva de arroz: O arroz é sinônimo de prosperidade e é jogado sobre os noivos na saída da igreja para desejar aos noivos prosperidade no casamento.


Peça velha, nova e emprestada: A mistura desses talismãs é hábito que vem da Inglaterra do século 19. A Moiva usa um objeto veloh, que pode ser um lenço ou um véu da mãe e da avó. A novidade é o vestido e a peça emprestada tem que vir de uma esposa feliz, para que a noiva tenha essa felicidade também.

Pétalas de rosas amarelas: São atiradas enquanto o casal caminha para a saída da igreja, representando lealdade. 



Jogar o buquê: Na França do século 19, acreditavas-se que a cinta-liga dava sorte. Por isso, a noiva a lançava de longe. Com o tempo, o buquê ganhou a função de talismã.



Noivo carregar a noiva: Os romanos carregavam a mulher no colo ao levá-la para casa, para evitar que ela tropeçasse, o que significava mau presságio.

Damas de honra: Os antigos romanos temiam que os maus espíritos influenciassem a noiva. Para confundí-los e driblá-los, outras mulheres teriam que ficar perto dela.

Vestido branco: No século 19, a rainha Vitória da Inglaterra casou-se de branco com o príncipe Albert, ditando a moda. Na Idade Média, noivas ricas se casavam de vermelho, uma cor rara de se obter.

Buquê: Na Grécia Antiga eram feitos de ervas e alho, para espantar maus espíritos. Depois, vieram as flores. O lírio significava a pureza. As rosas, o amor. E as flores de laranjeira, a felicidade e alegria.


Bolo: Símbolo de fartura. O noivo coloca as mãos sobre as da noiva para cortá-lo juntos. O ato representa a partilha e a união.


Aliança: É usada na mão esquerda em boa parte do mundo, por ter a veia que dá no coração. Há registro de usos da aliança desde o antigo testamento, quando era expressão do desejo, felicidade e prosperidade. O ouro é usado na confecção, desde a Antiguidade e na Idade Média pois acreditava-se que  o ouro protegia de doenças. As alianças, independente do estilo do casal, deve ser de elo contínuo para significar o elo perfeito entre o casal e a continuidade do amor.

Autor

Escrito por Admin

Equipe Casa Ambiente.A marca CASA AMBIENTE é lider em utilidade doméstica e produz produtos de qualidade, design inovador e com tendências mundiais. Essenciais para o seu lar.

0 comentários:

Obrigada por comentar!

Receba publicações por Email